/
/

sexta-feira, 29 de abril de 2011

NADA PODECALAR UM ADORADOR - CHRIS DURÁN


Christian Calderin, mais conhecido como Chris Durán, é um cantor francês de música gospel, nascido em (25 de maio de 1975 em Dieppe), filho de pai francês, e mãe espanhola das Ilhas Canárias, radicado no Rio de Janeiro, Brasil.
Converteu-se após um acidente de carro no Chile, em 2003.
Passado um tempo depois de sua conversão, gravou seu primeiro CD gospel intitulado “Reverência”. O lançamento foi sucesso nacional, seguido logo no ano seguinte pelo álbum “Renúncia”, que teve uma repercussão mais abrangente no louvor congregacional. Em 2006 lançou um cd e DVD ao vivo com as melhores músicas de seus dois primeiros trabalhos, encerrando assim, sua participação com a gravadora carioca Top Gospel Music.
Ampliando os projetos de seu ministério, foi que em 2007 Chris Durán gravou um trabalho independente de gravadora, abordando uma visão mais extensa de evangelismo e atuando na área de ministrações de cura. O cd “Dá-me Almas” surgiu justamente com ênfase nesta nova fase de seu ministério, através do qual Deus tem abençoado a tantos quanto são impactados pelo mesmo.[1]
No final de 2008, assinou contrato com a gravadora Graça Music, ligada à Igreja Internacional da Graça de Deus de R. R. Soares.
Em 2009 gravou seu primeiro CD gospel totalmente em Francês intitulado "Alliance - Chris Duran live in Bercy Paris", com músicas já consagradas no meio gospel Brasileiro, traduzidas para o Francês. O cd com produção independente foi gravado no estúdio do produtor musical Marco Santos em Petrópolis-RJ. [2],[3].
Chris Duran é pastor da Igreja Apostólica Geração da Conquista, no Recreio dos Bandeirantes, Rio. Casado com Poliane Calderin, e pai de Esther.[4]

Discografia


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Chris_Dur%C3%A1n

CONVERSÃO DE CHRIS DURÁN

Chris Durán é um verdadeiro adorador, sua vida foi marcada por uma grande transformação, onde ele deixou todas as glórias do mundo para viver a plenitude da vontade de Deus. Confira abaixo a entrevista com o cantor e saiba o que Deus está fazendo em sua vida:

Como foi a sua conversão?
Chris Durán:
Foi progressiva. Há oito anos, eu era estudante de economia e nem imaginava que iria cantar. Comecei a falar com Jesus.










Já tinha ouvido falar de Jesus porque a religião católica na França é muito forte,mas eu queria de certa forma desafiar a Deus e falei: "ouvi muito falar de você
mas não te conheço pessoalmente e se você é um Deus real dá-me um trabalho
que eu possa dar o meu amor e meus dons para o mundo inteiro e se você fizer
isso Jesus, prometo te honrar durante toda a minha vida.














"Depois fui para uma discoteca, onde eu lavava copos.
 Lá pelas quatro da manhã um amigo veio e disse que no dia seguinte
 haveria um teste para uma televisão espanhola para cantar. 
 
Eu nunca tinha tido experiência com aquilo e sou tímido, disse que não era para mi
 E justamente começou a vir uma voz dizendo:

 "Chris você me provou, vá e você verá quem eu sou".E eu fui. O produtor do Julio Iglesias 
me descobriu, meu disco foi lançado 
e foi sucesso em vários países do mundo. 
Muitos questionam se realmente era a voz de Deus porque como
Ele iria levar-me a cantar no meio secular? Pois digo que sim,
o tempo de Deus é algo que muitas vezes não compreendemos, mas Deus tem seus momentos para nos tocar. Tive um relacionamento maravilhoso com Jesus durante os seis primeiros meses, sem conhecer a Palavra. Eu falava de Jesus em todas as entrevistas e as pessoas me perguntavam se eu tinha uma religião, mas eu não tinha, apenas havia me fechado num quarto e desafiado a Deus e Ele estava me respondendo. Depois de um grande sucesso me afastei completamente dEle, comecei a acreditar que eu era bom mesmo. Três ou quatro anos depois sofri um acidente de carro e fiquei numa cadeira de rodas. A voz voltou me dizendo: "Chris, um dia você me falou que queria dar seu amor e seus dons para o mundo inteiro, mas não vai ser o seu amor que você vai dar, vai ser o meu amor". Fiquei muito envergonhado no hospital, porque eu sabia que havia abandonado a Jesus. Voltei para os Estados Unidos e comecei a buscar desesperadamente a Deus. No show business a moda é o budismo e eu busquei Jesus no budismo, busquei em várias religiões até que meu trabalho voltou a seguir, eu estava tendo muito sucesso, mas sentia um vazio muito grande. Um dia estava em meu quarto, em Miami, vendo a TV e o pastor Benny Hynn estava pregando. Deus falou completamente comigo, os paralíticos se levantavam e cegos eram curados e uma visitação muito poderosa entrou no meu quarto, chorei muito e vi que Deus estava ali. É muito difícil para uma pessoa famosa entrar para uma igreja, só pode ser por Deus. Cruzando a rua, em frente a minha casa, havia uma igreja evangélica, mas eu não sabia. Acordei de manhã cruzei a rua e vi "Ebenezer", e pensei: "Isso deve ser uma seita, não vou, nem pensar". E a voz do Espírito Santo veio e me falou para entrar, eu não queria de jeito nenhum. Foi tão forte que eu entrei. Perguntei se tinha algum padre ali e eles me responderam que tinha pastor. Simplesmente, pisei naquele chão e a adoração imediatamente me tocou, eu cai, chorando como um menino de cinco anos e não parei, sem exagero, durante duas horas, prostrado, quebrantado. As pessoas tiveram muita sabedoria para me orientar e me proteger. Depois disto eu nunca mais fui o mesmo, conheci Jesus em sua plenitude, conheci sua palavra. Depois foi uma luta com meu empresário. Comecei a ir à igreja escondido porque eu não tinha direito por causa da gravadora. Foi um grande sofrimento e até que recebi uma carta do meu empresário dizendo que se eu continuasse a buscar esta religião ele destruiria minha carreira e me arruinaria. Foi do inferno mesmo. Quando recebi este papel pensei em desaparecer e fugi dos Estados Unidos. Vim para o Brasil onde uma família cristã me acolheu. Durante um ano e meio eu engoli a palavra de Deus. Foi um dos melhores anos da minha vida. Deixei tudo para servir a Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário